Saiba por que escolher o pijama e as cobertas mais quentes para as noites frias nem sempre é o mais indicado para ficar confortável

Dormir com pijamas de tecidos leves ou roupas íntimas, como lingerie, que é menos quente, por baixo dos cobertores, podem ser opções mais agradáveis. Deste modo, o corpo vai se manter aquecido, sem limitar as trocas naturais e saudáveis de calor. Para quem optar por não usar pijama, a dica é deixar um roupão ou peças de roupas leves por perto, caso precise levantar para ir ao banheiro ou buscar água durante a noite, para evitar o desconforto e o choque térmico com o ar frio ao sair das cobertas.
A combinação de pijamas e cobertas mais quentes pode aquecer mais do que o desejado, fazendo o corpo transpirar. Entretanto, ao tirar o cobertor para amenizar o incômodo, você sentirá frio, devido à umidade causada pelo suor, gerando um ciclo vicioso. “Uma vez que não existe a troca de calor suficiente entre o corpo e o ambiente, ele começa a esquentar, podendo ficar acima da sua temperatura normal. Neste caso, há a sensação de desconforto”, explica Adriano Alencar, professor de Física do Corpo Humano da USP.