Mensalmente, cerca de 10 mil motoristas são multados no Paraná por uso do celular ao volante. 

Mensalmente, cerca de 10 mil motoristas são multados no Paraná por uso do celular ao volante. Seja falando, seja digitando, a multa vem e ela está hoje entre as cinco principais, de acordo com o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran). Com 82.804 multas entre janeiro e agosto de 2016 já temos 8% mais que o mesmo período do ano passado.
Para os especialistas em neurociência, o problema é que – sem atenção ao ambiente ao redor – o condutor assume os mesmos riscos que beber e dirigir. “Não podemos focar nossa atenção em dois estímulos simultaneamente. Se estou atento ao meu aparelho celular, não estarei atento ao trânsito. A perda de qualidade de atenção que temos ao digitar ao volante é semelhante e tão grave e incompatível quanto ingerir álcool ao conduzir”, avalia o psicólogo Naim Akel Filho.
Este tema vem sendo abordado na campanha Perigosa Mente no Trânsito, do Governo do Paraná, sobre atitudes egoístas ao volante. “A probabilidade de ocorrer um acidente aumenta em até 400% devido à falta de atenção do motorista. Sabemos que o trânsito exige raciocínio rápido e postura atenta. Quando o condutor decide usar o celular, mesmo por alguns segundos, ele perde o tempo de reação que poderia evitar um acidente”, explica o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.