Com programação até dezembro, a Camerata Antiqua de Curitiba divulga agenda de concertos presenciais do segundo semestre de 2021. Serão dez concertos – entre apresentações da orquestra, do coro e da formação completa da Camerata.

A estreia será na Capela Santa Maria com a Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba, neste sábado (28/9) e domingo (29/9), às 18h30. Todos os protocolos sanitários contra a covid-19 serão respeitados. Saiba os detalhes aqui

O cravista Fernando Cordella é o diretor musical do concerto. O Ciclo Bach: A Música da Família é o primeiro dos três programas do semestre dedicados a obras do compositor que mais esteve na trajetória do grupo e que marca esse momento de transição, Johann Sebastian Bach (1685-1750).

Ouverture Suíte em Mi menor, de Johann Bernhard Bach (1676-1749), primo do compositor homenageado, abre o concerto, seguida por Concerto de Brandenburg nº 3 em Sol Maior e Concerto para 2 violinos, com solos de violino de Winston Ramalho e Dan Tolomony.

Ainda nessa temporada, Cordella será também diretor musical do concerto que encerra a temporada, nos dias 10 e 11 de dezembro, com as obras litúrgicas de Antonio Vivaldi (1678-1741), Beatus Vir (realização inédita da Camerata) e Gloria In Excelsis Deo Gloria In Excelsis Deo.

Além dos virtuosos músicos da casa, marcam presença, nesta temporada, concertos sob a direção artística e regência de renomados musicistas, como os violinistas Emmanuele Baldini e Alejandro Aldana e os regentes Marcos Arakaki, Mara Campos e Diego Schuck Biasibetti.

Ciclo Bach
O segundo Ciclo Bach acontece em setembro com direção musical e violino solo do spalla da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, Emmanuele Baldini. No palco com a Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba estarão Zélia Brandão, na flauta solo e Alessandro Santoro, cravo solo.

A Camerata Antiqua de Curitiba se une para o concerto que fecha o ciclo, nos dias 29 e 30 de outubro. Com direção musical de Diego Schuck Biasibetti, serão executadas duas Cantatas de Bach.

Temporada 2021
Ainda neste semestre, a Orquestra de Câmara recebe o regente pernambucano Marcos Arakaki com o concerto A Música do Movimento Armorial no Brasil, nos dias 8 e 9 de outubro. O violinista Alejandro Aldana e o pianista Fábio Martino também enriquecem a temporada, nos dias 19 e 20 de novembro.

A regente oficial do Coro da Camerata Antiqua de Curitiba, Mara Campos, estará à frente do grupo em dois concertos. Em Passagens, a Camerata apresenta nos dias 24 e 25 de setembro, obras contemporâneas de Ola Gjeilo (1978) e Jake Runestad (1986). E será a regente também em A Terceira Margem, única apresentação exclusiva prevista para o coro, nos dias 26 e 27 de novembro.

De barroco à música popular brasileira, o Coro da Camerata Antiqua de Curitiba apresenta obras de Henry Purcell (1659-1695), Charles Villiers Stanford (1852-1924), Chico Buarque e Milton Nascimento.

A temporada 2021 da Camerata Antiqua de Curitiba é uma realização da Prefeitura de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba e do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (Icac), Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo Pátria Amada Brasil, com patrocínio do Ministério do Turismo, Volvo do Brasil e Positivo Soluções Didáticas.

Para saber toda a programação acesse o site http://icac.org.br/eventos/

A temporada também conta com transmissão ao vivo pelo Curitiba Arte Icac: https://bit.ly/2QqMfPm