Líder homenageado por conselho regional
Num dos eventos comemorativos aos 45 anos do Conselho Regional dos Representantes Comerciais do Paraná (Core-PR), realizado nesta semana, o líder do prefeito na Câmara de Curitiba, vereador João do Suco (PSDB), foi homenageado com o título de “amigo dos representantes comerciais”.
O parlamentar prestigiou o evento, promovido pelo presidente da entidade, Paulo César Nauiack, à frente do Core-PR desde 2007. “Para nós foi uma grata surpresa. Motivo de orgulho e satisfação por poder caminhar daqui para frente ao lado de tão laboriosa categoria profissional”, comentou João do Suco.
A profissão de representante comercial está regulamentada desde 1965, abrangendo a atividade de autônomos e empresas de representação em todo o país. A regional do Paraná tem sede própria desde 1968 e atua em comunhão de esforços com o Sindicato dos Representantes Comerciais do Paraná, o SinPr. Para João do Suco, “desde a instituição da lei regulamentadora e com o trabalho desenvolvido pelas duas entidades, passou a existir maior equilíbrio nas relações entre representadas e representantes com ganhos positivos para todos.”

Roberto Hinça é eleito corregedor da Câmara
Em votação unânime na primeira sessão ordinária do ano, na quarta-feira (16), os vereadores elegeram Roberto Hinça (PDT) como o primeiro corregedor da Casa, para o biênio 2011/2012. Hinça, que até abril também responderá pela presidência do Conselho de Ética, terá o vereador Serginho do Posto (PSDB) como substituto. Excepcionalmente para este primeiro biênio, ambos foram indicados pela Mesa já eleita em novembro e submetidos ao referendo do plenário na sessão desta quarta. Para os próximos biênios, de acordo com o projeto de resolução aprovado em dezembro de 2010, os representantes da Corregedoria serão indicados pela Mesa Executiva na mesma sessão em que ocorrer a eleição desta e submetidos ao referendo do plenário. Em abril, Roberto Hinça deixará a presidência do Conselho de Ética e abrirá espaço para a escolha de outro parlamentar, ficando responsável apenas pela Corregedoria.
A exemplo do que aconteceu durante a votação do projeto, diversos vereadores se pronunciaram na tribuna favoráveis à instituição do modelo democrático de disciplinamento ético. Para o primeiro-secretário da Casa, vereador Celso Torquato (PSDB), “o referendo do plenário confirmou dois dos melhores nomes da Câmara, com conduta íntegra e seriedade política sobejamente atestadas em mais de um mandato eletivo”.