Comentário diário HS

20-03-2013 – Os católicos tem seu Francisco e os brasileiros seu Joaquim. Barbosa. Dois grandes exemplos para este mundo de tanto faz de conta.

A sinceridade dos dois deixa os velhos do “poder de sempre” de orelha em pé.

Na eterna defesa da verdade, em meio a tantas mentiras e dissimulações oficiais tenho o que comemorar. 

Assim as esperanças se renovam…

Até na câmara dos deputados estão exigindo mais do Conselho de Ética!

Boas, para mais uma boa noite.

 

19-03-2013 – Na incessante busca do entendimento das ações e reações do ser humano tenho me deparado com surpresas dos e nos mais diversos níveis. Assim como acontece com tudo em nosso dia a dia.

Hoje, ao ler um artigo sobre boas e más notícias; ou notícias positivas versos tragédias e o sensacionalismo que toma conta dos veículos mais importantes do mundo, li, surpreso, o que vejo todos os dias aqui no Face, sem ainda ter dado a devida atenção: os conteúdos das redes sociais são, em sua grande maioria, positivos e motivacionais.

Na outra mão, informações como “as redes sociais nos levam à depressão”, nos atiram para outra direção. Foi aí que encontrei a informações onde, mesmo os conteúdos mais positivos podem levar a pensamentos negativos como: imaginar a minha vida sendo injusta por achar que “eu” sou menos feliz que meus “amigos” que se apresentam com tanta coisa bonita, motivação e encantada alegria em suas postagens, mostrando encontros, viagens e festas a todo instante.

 

Isto significa que a “platéia” que deveria ser influenciada pelas informações positivas, tem novamente uma reação negativa.

 

É o ser humano e sua indecifrável maneira de ver e viver, ou suas indecifráveis reações.

 

Assim, partindo para uma pequena brincadeira, saio pela tangente e para não cair, ou pisar, em nenhum dos extremos vou registrando minhas alegrias deste dia frio de uma Curitiba carrancuda, entendendo que o frio faz parte da vida, ao mesmo tempo em que, precavido, lembro que também tive de me agasalhar bem para poder resistir a este dia que está terminando com o risco de me trazer um resfriado. Por isto vou me recolher já. Boa noite.

15-03-2013 – No Reino Unido, o antigo ministro da Energia, Chris Huhne, e a ex-mulher, Vicky Pryce, iniciaram esta semana a “estadia” de oito meses de prisão por terem mentido à Justiça. Coisinha de nada, né… Não! É sim “coisa” de quem tem “vergonha na cara”. Em 2003 uma série de multas por excesso de velocidade do marido foram assumidas pela mulher.
Em 2011 o caso veio a público, quando o poderoso trocou a mulher com quem vivia há 26 anos por uma funcionária do seu gabinete.
Primeiro, normal, negou as acusações. No ano passado, acabou por se demitir do governo, declarando-se culpado de obstrução à justiça. Já imaginou um exemplo assim por aqui?
Então vamos a um bom exemplo (no genérico). A melhora no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de 2012. Sinal de melhora na renda, escolaridade, nível de saúde e outros que atestam uma melhor qualidade de vida de um determinado local. 
Estamos entre os 35 países que estão apresentando melhora nos índices, 24%. Pena ainda estarmos na 85ª posição. O governo não gostou. Pudera!
Mas o melhor exemplo mesmo vem do Papa Francisco com sabedoria, ao voltar seu olhar para o mundo real, onde predomina o povo; sem pompa, sem poder, sem palácios.
…certo. Boa noite.

14-03-2013 – Hoje cheguei para ovacionar o novo Papa, mas não resisti ao ser lembrado da ação do Pessuti, herdeiro, vereador de Curitiba. Vem com projeto de lei exigindo obrigatoriedade de restaurantes em disponibilizar descontos de 50% para clientes que realizaram a cirurgia bariátrica. E eu, que “como tão pouquinho”, vou ter de continuar pagando normal? Coisa de louco!
Melhor voltar a comemorar a escolha do Papa Sul-americano. 
Vamos atendê-lo e orar pelo novo Francisco.
Boa noite.

13-03-2013 – CORRENTE PRÁ FRENTE BRASIL
Depois de reclamar dos bancos, Joaquim Barbosa, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), de novo sob os holofotes, faz críticas à magistratura. Diz que os juízes brasileiros têm mentalidade “pró-impunidade”. Entidades de classe chiaram. Aí veio o juiz Fausto De Sanctis, famoso por condenar crimes de colarinho branco: “O discurso extremado garantista, que não é próprio do ponderado exercício do Poder Judiciário, tem servido de blindagem às elites que se opõem à sujeição igualitária da lei”.
Falou difícil, mas dá prá concordar integralmente.
É o exemplo dos planos de saúde, a sua “reguladora” ANS e as 1.300 operadoras de planos privados de assistência médica. Cerca de 50 milhões de brasileiros pagam mensalidade ali, na esperança de um melhor atendimento médico.
As filas e empecilhos para realizar consultas e exames é cada vez maior.
Administradores da ANS vêm de altos cargos nas operadoras para onde muitas vezes voltam; segundo denúncias da Folha de São Paulo, que chamou isto de “porta giratória”. E as ajudas nas campanhas políticas que só vem aumentando?
Ainda bem que tem surgido gente como o ministro Barbosa e seu colega juiz De Sanctis. Assim vamos preservando nossa esperança. Boa noite.

12-03-2013 –A discussão entre o prefeito Gustavo Fruet e o Governador Beto Richa sobre a tarifa do coletivo em Curitiba mostra bem que o interesse, ou, os interesses envolvidos vão muito além do bolso do usuário: tem os pés na campanha para a prefeitura e olhos (bem gordinhos) na sucessão estadual.

Beto suspende o subsídio, Gustavo esperneia. Falam do fim da integração do sistema com a região metropolitana… Beto anuncia a isenção do ICMS do diesel para a integração na Região Metropolitana.
Gustavo reune prefeitos da região metropolitana para pedir de novo o subsídio.
Fruet pega “pesado” contra Richa, prá alegria do pessoal do Palácio que quer uma desculpa para encerrar o assunto.
É briga de ex-amigos, a pior briga. E prá azar, quem vai pagar a conta e sofrer na carne o desacordo dos poderosos é a população. Como sempre. Ovos neles!
Prá encerrar, Zé Beto, em seu blog lembra que o aumento da população carcerária tem custado caro ao contribuinte. De acordo com levantamento da ONG Contas Abertas, a Previdência Social gastou R$ 434 milhões no pagamento de auxílio-reclusão a famílias de presidiários em 2012. O número de detidos em penitenciárias e delegacias brasileiras saltou de 514.582 , em 2011, para 549.577, em 2013.
É triste. Mas o pior mesmo, Beto é saber que estes presos um dia vão sair da cadeia, mas não para o normal convívio social. Sem chance alguma, vão colocar em prática o que aprendem no interior dos presídios. …até que cheguem ao fim.

06-06-2013 – Hoje tenho de falar de Hugo Chávez. Um louco obstinado em defesa dos mais fracos; sua principal qualidade, seguida de uma grande coragem.

Tinha os poderosos a combatê-lo. Os pobres, até então esquecidos na partilha dos petrodólares tiveram seu maior momento. Venceu “os de sempre” (como costumo dizer), carregado pelo povo, mas não conseguiu equilibrar o País, mesmo tendo dominado todos os demais poderes da Venezuela. 
Não podemos dizer que foi um ditador, nem que foi um democrata. 
Fez o que fez, na marra, por sua coragem, determinação e inquestionável liderança popular em seu estilo carismático. A retórica contra o domínio dos Estados Unidos e suas políticas públicas, levando alimentos subsidiados e clínicas de saúde gratuitas para bairros pobres, foram suas principais marcas.
O tratamento duro reservado aos oponentes, ao mesmo tempo em irritava a oposição, era comemorado pelos que seu governo atendia, formando uma verdadeira legião de fãs. 
Aos 58 anos, vai, deixando uma Venezuela diferente, onde só o tempo poderá dizer se valeu a pena. Tentou imitar Fidel, mas a vida lhe foi cedo.
Atendendo pedido do rei da Espanha colonizadora, Chávez se calou de vez.
Fica pergunta: morreu um valente justiceiro ou um louco fingindo defender os pobres para sustentar sua sede de poder?


27-03-2013 – Uma boa notícia da próxima edição da Gazeta do Bairro que mandamos para a gráfica: Estão discutindo ações para melhorar o nosso passeio público.

Que saudades do nosso velho e querido Passeio.

Vamos torcer para que isto se torne realidade o mais breve possível. …limpo e lindo como nos bons tempos.
Neste dia de correria e calor mando um abraço ao amigo Fernando Janz, ao Marcelo e Celiza que estão com um belo, ou uma bela, presente para nos apresentar dentro de uns três meses (minhas contas ai não devem estar muito corretas) ou menos. Estamos ansiosos aguardando a chegada da Alice.
Boa noite.

25-02-2013 – ¿Hay gobierno?

 Ao que tudo indica, poucas são as possibilidades de mudança na Câmara Municipal de Curitiba.

O verde Paulo Salamuni, que sempre carregou o mérito de ser um oposionista e assim fez sua carreira, dá o exemplo primeiro. Para chegar ao cargo em seu sétimo mandato, concretizando o velho sonho de presidir a casa, virou  e só não teve 100% dos votos pela persistência louca do vereador Galdino.

 

Montou a chapa com velhos colegas, de todas as ideologias (muitos deles eternos adversários), como Tito Zeglin (PDT), Julieta Reis (DEM), Zé Maria (PPS), Jairo Marcelino (PSD), Noemia Rocha (PMDB) e Serginho do Posto (PSDB). Para agradar aos novos, se juntou ainda a Aílton Araujo (PSC), e Chico da Uberaba (PMN). Uma festa de partidos da extrema direita até a meia esquerda, já que da esquerda não tem ninguém.

 

O homem luta pelo poder para mudar o que está errado. No poder, tem de ceder, negociar e em geral acaba participando, ou aceitando o jogo de sempre. Será que a gente poderia dizer como um “amigo” cujo texto li está semana que o homem, tolo, quer se corromper: Sabe que o poder corrompe, logo não poderia aceitar o poder, pois estaria no caminho da corrupção. Mas tem gente que precisa partilhar ou estar próximo para viver.

Tenho acompanhado muita gente fascinada pela servidão voluntária, uma das características mais degradantes do ser humano. Para estes, contrariando “Che” Guevara: onde hay Gobierno (e poder), estoy a favor.

20-02-2013 – A famigerada e degradada vida pública brasileira. Uma das maiores e mais profundas vergonhas desta nossa querida Nação, mesmo

Hoje vou levar ou meu boa noite aos políticos

Como ainda estou no escritório vou aproveitar a agilidade deste “aparelhão” aqui e deixar minha mensagem de hoje aos nossos representantes legais.

Primeiro um grande abraço ao Abel do Restaurante e Pizzaria Bonna Massa e sua simpática e atenciosa família. Aprovei a sobremesa de chocolate recheado com amendoim.
Tenho refletido sobre a maneira com que devo me dirigir aos amigos que tem ou vivem uma carreira política. Primeiro, tenho de confessar que não a coragem destas pessoas para entrar na vida pública. A famigerada e degradada vida pública brasileira. Uma das maiores e mais profundas vergonhas desta nossa querida Nação, mesmo sabendo que sem ela não existe meio de se viver.
Olho para eles e lembro que vivem com gente do tipo que posso chamar, sem o menor temor, de “corja”. Gente que, sem o mínimo constrangimento, vota em faraônicos benefícios que são verdadeiros atentados à população.
Depois me pergunto: culpa minha, culpa nossa? Nós os elegemos. É difícil dizer não. Mas muito mais difícil é encontrar um candidato, em condições de se eleger, que possa ser apresentado como exemplo de vida pública. Então, a gente cansa, cansa de perder o voto, né. O que não significa que tenha de votar em quem ganha não, mas a gente se sente impotente.
Culpa minha que não saio candidato? Não tenho coragem, nem o dom, por isto fico por aqui. Mas entendo bem a necessidade e até mesmo minha falha em não tentar.
Então fica difícil conversar, com estes amigos, pois sempre acabamos ofendendo os políticos e é difícil pedir desculpa toda vez que, mesmo sem perceber, “o colocamos no mesmo saco”.
Espera aí!…
Tenho uma sugestão para estes amigos. Falem por nós, criticando os colegas corruptos e “aproveitadores do poder”. Fujam dos conchavos e quem sabe encontrem um novo caminho para se consolidar como, diferentes, salvadores da Pátria. Nossa, que bom, ai terei mais um motivo para aprofundar ainda mais estas amizades.
Fale disto com seus amigos políticos.
Boa noite.

 

 

 

06-01-2012 – Dia final da distribuição do jornal. Praticamente toda manhã fechado no escritório, atendendo leitores e anunciantes.

A faculdade Tupy, está se fixando no Pinheirinho. O progresso também está deixando o bairro entre os três com maior investinentuo na área da construção civil. É obra pra todo lado. Mas já em declínio, com poucos empreendimentos novos.

E a veterano Alves da Câmara já mostra que não foi eleito presidente por acaso… Será que vai querer mesmo bater de frente com nosso novo herói negro do supremo.
Boa noite.

05-01-2012 – Tarde, mas sempre é tempo de manter o compromisso. E atenção que mais manchete sensacionalista da rpc sobre nosso querido GB. É esperar para ver no que vai dar. Não deve, não teme, mas que o sono diminui, diminui, não tem como negar. Como tenho tido boas noites de sono…
Vamos ao trabalho e aos registros desta segunda enfrentando cabisbaixos, os novos presidentes (câmara/senado) que tanto nos envergonham…
Restam as “alegrias” aqui de casa.
Abraço ao sempre atencioso Gilmar Zonta, do Cine Água Verde e da Contabilidade do Amigo do Bairro Leonides Gabardo.
Cláudio Carcereri, entre o Rio e Curitiba veio nos visitar. Abraços companheiro!
Hoje mais uma vez consegui tirar um sorriso do amigo Jorge da Maxifarma (sempre no trabalho).
Jornal na rua, bela distribuição da Fabi, Osmar e Ari. Vamos postar textos e fotos no site da GB amanhã.
Por hoje fico aqui.
Abraços e boa noite.

01-02-2013 – Tempo lindo! Gostoso…
Fechado no escritório, poucas novidades. Recebemos A visita da nossa leitora mais tradicional, a D Terezinha do Coral do Bairro Novo (tem em casa arquivadas todas as 259 edições da GB, publicadas ao longo destes 17 anos). Uma doce pessoa.

E o Abel da Bonna Massa nos reservou hoje uma língua de boi (ou vaca) que me deixa com água na boca só de lembrar.
O jornal já foi prá impressora do Mancha, ou do “doutor” Renato.
De madrugada vamos apanhar para iniciar a distribuição.
Então é bom parar por aqui e… Espera não posso me despedir sem pedir aos amigos e amigas para darem uma mão para a eleição do Renan Calhorda (será que errei este sobrenome?$).
Ele merece, né. Trabalhou tanto prá driblar a Justiça e “conquistar” tudo que tem…
Renan para o senado e o cara de pau Henrique Eduardo Alves para a Câmara?
Vamos participar do voto de repúdio que já passa dos 170 mil e afastar do jogo este que quer tirar tirar vantagem em tudo…
Clique: http://www.avaaz.org/po/ficha_limpa_no_senado_renan_nao/?fSSbJdb&pv=4
Tô fora melhor ficar por aqui.
Uma boa noite amiga (o) leitor (a).

30-01-2012 –Enroscou. Hoje tínhamos programado a impressão do GB de Janeiro. Não deu. Se não foi hoje, vai amanhã. E vai.
Até que a edição superou as expectativas. O povo, em geral está bem animado. Boas perspectivas para 2013.
Bom também falar com gente que tem brio, coragem e muita disposição como o Joélcio. Foi realmente um prazer falar com você. Você sempre teve e terá o meu respeito. Obrigado.
E o novo secretário de Comunicação da prefeitura?
Bom, como imaginava, postura profissional, sem frescuras.
Mas como acorda cedo… Feliz dele que consegue. Ou será que já tem muito trabalho?
Boa sorte Gladimir.
E o “seo” Inácio Galioto e seus “amigos” do Umbará agora vão revolucionar a região. Será que ainda dá tempo.
Falando em Umbará, me lembrei do amigo Zezo Scroccaro. Este sim sabe bem como “curtir” um bom trabalho depois da aposentadoria. Abraços.
Nossa! Fechando a edição e ainda tenho tempo para toda esta conversa. …é, graças a Neide e ao Roberto.
Agora chega… Até amanhã.

29-01-2012 – E o nosso querido Bairro Novo continua mostrando grande crescimento. A São José em especial está cada dia mais movimentada, com novos comércios abrindo praticamente todos os dias. É o progresso.

A Associação Moradores Umbará, através da amiga Ariete alerta para a presença de pessoas chegando em casas tentando saber endereço. Cuidado!
E o Ratinho hein. Se cre tá rio! Deve ser para mostrar ao mundo que pode ser melhor que as palhaçadas e os maus exemplos de levar vantagem em tudo, que seu pai mostra na TV. Uma coisa é ter sucesso brincando, outra é trabalhar sério.
E eu até acho que ele é melhor do que mostraram na campanha para prefeito, mas não como ratinho-rato. Precisa ter vida própria. Se continuar dependendo do “artista” ou do nome popular prá conseguir voto, não dá não.
Aproveitando mando um abraço ao Hélio Nunes que faz parte desta equipe.
Boa noite.

28/01/02 – Semana entra no rescaldo da tragédia dos jovens gaúchos. Aqui entramos na reta do fechamento de mais uma edição. De hoje, o registro de mais uma morte e a chegada de mais uma vida.
Novo articulista a caminho.
A surpresa da regional da CIC com um “criativo” comando duplo até a indicação, e ou escolha do novo chefe.
A satisfação de receber o querido Hermes que nos fez uma visita coberto com um charmoso chapéu.
Boa semana a todos.

23/01/02-Um abraço ao Pedro Pelanda, que está se ajustando na Regional Bairro Novo. Sucesso amigo.
Depois, tive mais uma grande conversa com o amigo Odilio.

Ouvi coisas maravilhosas de um grande realizador que sempre me emociona.
Atenção para a matéria sobre um artista da comunidade, Fernando Rosa, que vamos apresentar nesta edição de janeiro.
E um conselho ao chamar a atenção de alguém que esteja ao seu lado com “conversa para boi dormir”: avise que que o “o boi já dormiu” ou está dormindo. É bom né, Neide?
E se você tem uma panela velha (mãe ágata), fale comigo que tenho uma compradora que está rejuvenecendo e depois vai querer mostrar que panela velha faz…
Mas, voltando, encerro o dia ainda de dia, deixando uma mensagem rápida (espero):
Por mais diferente ou estranho que seja uma pessoa ou um acontecimento, não se assuste.
É que neste mundo tem de tudo, né.
Boa noite! Hi, hihihi

jornalista Humberto Schvabe

22/01/02-Informando: O ano promete. Assumem os regionais pnho, B Novo e cic. Também a amiga Terezinha que tem um novo desafio pela frente.

Hoje falo com Pelanda.
De ontem vai o abraço à Joice e ao Luiz cabeleireiro e os votos de pronta recuperação ao querido massoterapeuta Antônio. E atenção: onde está o João?
Bom dia amigos e mandem notícia pra nossa gazeta que estamos fechando a edição de Janeiro.