Nova ampliação no período de suspensão das aulas na rede municipal de Curitiba agora vai até o dia 2 de agosto. A secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, esclarece que, considerando o panorama do novo coronavírus na cidade, medidas de reforço no isolamento foram necessárias: “Seguimos as orientações das autoridades de saúde e trabalhamos na construção de uma instrução normativa para quando chegar o momento de reabertura”.
O documento também servirá de base para as unidades, com orientações de higienização, distanciamento entre estudantes, escalonamento de intervalos, entre outros pontos”, completa Maria Sílvia.
A rede municipal de ensino tem 140 mil crianças e estudantes matriculados em 185 escolas e 230 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), além dos 95 Centros de Educação Infantil (CEIs) que também seguem fechados, por força de decreto estadual que orienta a rede privada.

Aulas on-line
Durante este período de isolamento, crianças e estudantes têm acesso aos conteúdos do currículo por videoaulas e atividades complementares preparadas pelos professores. A TV Escola Curitiba estreou no dia 13 de abril, pelo Canal TV Paraná Turismo 9.2 UHF e canal TV Escola Curitiba no YouTube. Em Curitiba, também é possível sintonizar pelo canal 4.2 (Rede Massa), pois os demais municípios do Paraná também têm acesso ao material produzido pela Secretaria Municipal da Educação em parceria com o Governo do Estado e a Rede Massa.
As videoaulas trazem conteúdos organizados conforme o currículo da Secretaria Municipal da Educação. Estão disponíveis propostas da educação infantil e videoaulas de matemática, língua portuguesa, robótica, geografia, educação física, arte, ciências, história, ensino religioso, práticas da educação integral, literatura, direitos humanos e família, programa Linhas do Conhecimento, além da Educação de Jovens e Adultos (EJA).
Já são 9,4 milhões de visualizações e 80 mil inscritos no canal.
As aulas estão disponíveis pelo canal 9.2 da TV Paraná Turismo, das 8h às 21h, e no YouTube.