A Linha Verde Sul está sendo ampliada, para interligar Curitiba a Fazenda Rio Grande. Serão investidos nesta etapa mais de R$ 15,4 milhões, recursos do PAC da Copa. A obra dá continuidade à transformação da antiga rodovia em uma avenida no trecho entre o Terminal do Pinheirinho e a rua Isaac Ferreira da Cruz.
Esta interligação acontecerá com a duplicação da BR 116, no trecho entre Curitiba e Mandirituba. A duplicação é responsabilidade da concessionária OHL, que administra a via. E também com as obras de urbanização da Linha Verde pela Prefeitura de Curitiba.
Ao longo de 1,7 quilômetros, a Prefeitura irá construir 10 pistas de rolamento, sendo duas para canaletas exclusivas de transporte coletivo, seis para o sistema viário (três em cada sentido) e duas vias locais de passagem (uma em cada sentido), ciclovia, além de iluminação renovada, paisagismo e calçadas. Também será ampliado o viaduto da avenida Winston Churchill e Isaac Ferreira da Cruz, para a construção de pistas locais.

Serão 10 pistas de rolamento, sendo duas para canaletas exclusivas de transporte coletivo, seis para o sistema viário e duas vias locais de passagem
e ciclovia.