O Bravo Bradesco do Pinheirinho mantém sua rampa com corrimão no meio da calçada da Avenida Winston Churchill. Agora só com um lado já que o outro deve ter sido quebrado em algum acidente.

Continua a pergunta: será que não tem outra solução mais inteligente e menos complicada?

Acessibilidade sim, mas precisa ser levada a efeito com mais inteligência. E especialmente lembrando que tem mais gente para utilizar a calçada, sem esquecer que nem todo mundo entra neste banco.

Até quando senhor gerente?