Sal em excesso
O consumo excessivo causa hipertensão, infartos e acidentes vasculares cerebrais. O recomendado é ingerir no máximo 6g por dia, contando com o sal já existente na comida.

Petiscos de bar
Fontes de gordura trans. Causa aumento de peso, entupimento de veias, pressão alta e diabetes do tipo 2.

salgadinhos
Outro salgadinho a ser evitado são os de milho que provocam obesidade e aumentam o nível de açúcar no sangue.

Açúcar em excesso
Força os órgãos a trabalhar mais. É assim que você acaba ficando diabético. O organismo acostuma a trabalhar mais para regularizar os níveis de açúcar.

Bebida alcoólica
Pode induzir a arritmias e palpitações no peito, acelera a arteriosclerose, aumenta o colesterol e os triglicerídeos. Facilita a pressão alta, e dilata o coração.

Batata frita
Contém gorduras trans, e uma das mais potentes substâncias cancerígenas presentes em alimentos: a Acrilamida. Procure evitar ao máximo.

Pão Branco
Produtos químicos que fazem dobrar a quantidade de fermento no organismo. Causa inchaço, gases intestinais e problemas digestivos. Opte sempre pelo pão integral.

Carnes processadas
O vilão é a salsicha, rica em nitrito de sódio – substância cancerígena que pode aumentar o risco de câncer do pâncreas e do intestino, além de causar hipertensão. Também preocupantes o bacon, mortadela, presunto, salame e lingüiça.

Refrigerante
Muitos refrigerantes são repletos de aditivos, o que pode gerar inchaço, dores de cabeça, asma, hiperatividade e falta de concentração. A versão normal, zero ou light, não possui nutrientes como vitaminas e minerais de que o corpo precisa para o metabolismo funcionar.

http://belezaesaude.com. Adaptado.